Mais de 250 mil motoristas de táxi recebem o primeiro lote do auxílio

Publicado por: Editor
18/08/2022 12:21 PM
Exibições: 6
Agencia Brasil
Agencia Brasil

Data limite para envio dos cadastros é 11 de setembro deste ano

 

O Ministério do Trabalho e Previdência iniciou o pagamento das duas primeiras parcelas de R$ 1.000 (cada) do benefício taxista na terça-feira (16). A medida foi estabelecida pela Emenda Constitucional nº 123. O volume total de recursos soma mais de R$ 490 milhões.

 

Do total de 300.771 taxistas cadastrados, 251.256 estavam elegíveis para receber o benefício nesta primeira etapa, e 49.515 foram considerados inelegíveis por questões legais, como não estar registrado até 31 de maio de 2022, não estar exercendo a atividade, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) inexistentes, entre outros.

 

Sued Silvio, 42, é taxista em Brasília (DF) há mais de vinte anos. Como estava com a renovação e autorização em dia, ele vai receber o benefício, mas conta que nem todos os motoristas de táxi que conhece conseguiram se eleger para o primeiro lote. “Não estavam em dia, por vários motivos. Alguns porque estavam trocando de carro, é obrigatório a troca de veículo, a lei do DF dá uma idade máxima de 8 anos. O Detran demorou a emitir alguns documentos, ou em outros casos, a própria CNH do taxista. E com isso o taxista não conseguiu renovar ou concluir o processo”, explica. O pagamento do segundo lote está previsto para o dia 30 de agosto, e a data limite para envio dos cadastros é 11 de setembro de 2022. 

 

Ainda de acordo com Sued, o valor veio em ótima hora. A manutenção e troca do veículo é importante para que ele consiga continuar exercendo a profissão, que hoje enfrenta o problema da escassez de clientes. “Passageiros todos empobrecidos, sem renda, sem condições de andar de táxi. Nosso táxi aqui de Brasília, por exemplo, está há mais de seis anos em reajuste de tarifa, não conseguimos reajustar agora senão vai sacrificar mais os nossos passageiros”, afirma.

 

Reginaldo Soares, 40, também taxista, concorda com Sued na questão da manutenção do automóvel. Além disso, acrescenta que o valor vai ajudar em casa, “esse dinheiro vai servir para a gente pagar nossas contas, que estamos todos endividados, né? Veio a pandemia, veio o combustível muito caro”. 

 

Nilson Noronha, 46, comemora, pois já recebeu as duas parcelas. “O benefício foi muito bom para nossa categoria, pela crise que nós passamos tanto pandemia quanto recessão do país mesmo. Vamos conseguir pagar algumas contas que estão atrasadas, garantindo até o final do ano”, concorda. 

 

Caminhoneiro-TAC: autodeclaração para receber benefício vai até 29 de agosto

 

Pagamento
Para quem está cadastrado e elegível, os valores do benefício são creditados automaticamente no aplicativo Caixa Tem, sem necessidade de outro cadastro ou envio de dados. A conta poupança é aberta automaticamente pela Caixa em nome dos beneficiários.

 

Vale lembrar que se a conta não for movimentada em até 90 dias, os recursos depositados serão recolhidos pelo Tesouro Nacional.
 
Fonte: Brasil 61

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados