Os 7 sinais assustadores de que você tem uma doença cardíaca

Publicado por: Editor Feed News
20/02/2024 11:57 PM
Exibições: 143
Cortesia Editorial Pixabay/iStock
Cortesia Editorial Pixabay/iStock

Sete avisos de que você pode ter problemas cardíacos e nem imagina

 

Muitas doenças cardíacas se manifestam de forma precoce, exigindo atenção a sinais sutis que o coração, muitas vezes, sussurra. Ignorar esses alertas pode ter consequências devastadoras. O cardiologista britânico Anthony Mathur destaca sete sinais de problemas cardíacos que merecem atenção:

 

Fadiga Incomum: A exaustão profunda e inexplicável, especialmente durante atividades que costumavam ser fáceis, pode indicar insuficiência cardíaca, levando a uma sensação avassaladora de fadiga.

 

Dispneia: A falta de ar, não apenas durante o esforço, mas também em repouso, pode ser um sinal de alerta do coração sobre sua incapacidade de manter a circulação sanguínea adequada.

 

Distúrbios de Sono: Acordar repentinamente com sensação de ansiedade ou falta de ar pode ser um pedido de ajuda do coração, muitas vezes atribuído a pesadelos ou estresse.

 

Leve Desconforto no Peito: Pressão leve, desconforto vago ou dor aguda de curta duração no peito podem ser sinais precoces de doença arterial coronariana ou outros problemas cardíacos.

 

Inchaço nas Extremidades: Quando o coração não funciona eficientemente, líquidos podem se acumular no corpo, causando inchaço nos pés, tornozelos ou pernas, indicando possível insuficiência cardíaca.

 

Arritmia Cardíaca: Batimentos cardíacos irregulares, especialmente um ritmo constante ou sensação de batimento rápido, podem ser sinais de problemas cardíacos que merecem atenção.

 

Tosse Constante ou Falta de Ar: Tosse persistente, especialmente se acompanhada de muco branco ou rosa, pode indicar insuficiência cardíaca, quando o coração não consegue acompanhar a carga de trabalho.

 

O coração muitas vezes sofre em silêncio, tornando esses "sussurros" sinais cruciais para intervenção precoce e prevenção de doenças cardíacas. Prestar atenção a esses alertas silenciosos é uma forma crucial de autocuidado em um mundo onde outras doenças parecem exigir atenção imediata.

 

Informação Importante. Este artigo contém informações gerais de caráter referencial e não deve ser considerado uma alternativa às recomendações de um médico. Nosso portal não se responsabiliza por qualquer diagnóstico feito pelo leitor com base nos materiais do site. O portal também não é responsável pelo conteúdo de outros recursos (links) da Internet vinculados neste artigo. Se você está preocupado com sua saúde, consulte um médico.

 

Vídeos da notícia

Imagens da notícia

Tags: