EUA entregaram os dois primeiros complexos NASAMS à Ucrânia

Publicado por: Editor
26/10/2022 01:33 PM
Exibições: 10
As negociações estão em andamento também obre os sistemas de defesa aérea Patriot
As negociações estão em andamento também obre os sistemas de defesa aérea Patriot

Os EUA entregaram à Ucrânia os dois primeiros sistemas de mísseis antiaéreos NASAMS - um sistema de defesa aérea de médio alcance, disse o diretor geral da Raytheon Technologies, que os fabrica, Greg Geiss, em entrevista ao canal CNBC .

 

“Entregamos dois sistemas ao governo dos EUA há algumas semanas. Eles estão atualmente sendo implantados na Ucrânia", disse ele.

 

De acordo com Geis, as autoridades dos EUA aprovaram a entrega de dois sistemas de defesa aérea NASAMS para Kyiv, mas não os sistemas de defesa aérea Patriot. Ele observou que as negociações sobre eles continuam regularmente, mas a decisão final permanece com o governo do presidente dos EUA.

 

O complexo de mísseis antiaéreos de médio alcance da NASAMS é projetado para atingir alvos aéreos em altitudes baixas e médias em quaisquer condições climáticas.

 

John Kirby, coordenador de comunicações estratégicas do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, afirmou anteriormente que os Estados Unidos pretendem fornecer à Ucrânia oito desses sistemas como parte da Iniciativa de Assistência à Segurança da Ucrânia (USAI).

 

No final de agosto, o Pentágono assinou um contrato com a Raytheon no valor de mais de US$ 182,2 milhões para transferir os complexos para a Ucrânia.

 

O ministro da Defesa da Ucrânia, Oleksiy Reznikov, anunciou em 12 de outubro que mais quatro sistemas lançadores de foguetes múltiplos HIMARS chegaram à Ucrânia como parte da ajuda militar dos EUA. Ele também confirmou que a Ucrânia recebeu o sistema de defesa aérea alemão IRIS-T da Alemanha.

 

Em 25 de outubro, após uma reunião em Kyiv com o presidente da Ucrânia Volodymyr Zelenskyi, o presidente alemão Frank-Walter Steinmeier anunciou o fornecimento de dois sistemas adicionais de fogo de salva MARS e quatro obuses para a Ucrânia, bem como o fornecimento contínuo de sistemas de defesa aérea.

 

Com informações da Radiosvoboda

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados